Carboidratos Anônimos

Categorias Uncategorised

Oi. Meu nome é Fabiane. (Um coro do além repete “Oi, Fabiane”).

Há dois dias, estou sem carboidrato. Nem me lembro quando comecei com esse vício. Parece que nasci com ele. Ele se apossa de mim e já não sei o que fazer: preciso te-lo. É uma sensação desesperadora. Ele me tenta, me provoca. Ouso dizer que ele chama  por mim, fazendo promessas que não pode cumprir.

Recorro a ele se estou feliz e se estou triste. E qualquer situação pode correr o risco de se tornar uma desculpa para que possamos estar juntos. Alguns amigos me tentam.Eles querem me levar pro mal caminho. Começo a achar que deveria repensar sobre essas amizades.

Mas como eu estava dizendo, estou há dois dias sem. Quarenta e oito horas. Se não estivesse com tanta preguiça, faria o cálculo de quantos minutos e segundos se passaram desde que tivemos nosso último encontro. E desse vez, eu sei que você vencer.

Ah, um biscoito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *