O batom que seca você

Categorias Uncategorised

Mulher com lábios pintados se olha no no espelho de mão. Na outra, está o batom vermelho.

Um momento nos lábios, para sempre no quadril. Essa é uma daquelas frases motivacionais para que as mulheres do mundo todo fechem a boca e alcancem o corpo dos sonhos.

Mas dessa vez, a promessa é outra. Um batom, item de beleza indispensável em qualquer necessaire feminina, promete revolucionar o mercado. Quem diria que uma corzinha nos lábios pode ser a solução para todos os seus problemas?

Com tecnologia avançada, criou-se um blend exclusivo. O 4max tem ativos naturais de alta performance que farão você magra como um palito!

Nossas especialistas da beleza garantem: seu metabolismo será rápido e eficaz! Uma forma sinérgica que leva embora seu apetite instantaneamente e metaboliza a gordura, tornando-a uma fonte de energia.

Corta para a realidade!

Eu me pergunto de onde veio essa vontade de ter o shape das revistas ou, numa versão atualizada, das blogueiras fitness. 

E não é simbólico que a boa nova venha em forma de um batom? Por que não um produto unissex? O peso é certamente um problema feminino.

Demorou para que eu pudesse entender, mas Naomi Wolf em seu livro Mito da Beleza estava certa. A cobrança incessante pela perfeição estética da mulher é uma maneira de desviar nosso tempo e atenção em prol de um objetivo que nunca se concretiza.

Nunca seremos bonitas e magras o suficiente.

Esse é, de fato, um mercado muito lucrativo. Se os negócios são criados para resolver problemas, as empresas que lidam com o mercado de emagrecimento atuam numa lógica exatamente contrária.

O problema em questão jamais será resolvido por um produto, mas o consumidor continua ávido por investir em possibilidades de resposta.

Já reparou que as soluções vendidas para o sobrepeso são quase sempre focadas em argumentos biológicos? Mas, se é pra falar de biologia, me pergunto como um batom pode fornecer uma concentração eficiente desses supostos compostos emagrecedores. 

Será mesmo que o maior problema de saúde pública do mundo será atenuado com baixas dosagens de garcinea camboja, chá verde, fucus e picolinato de cromo? 

Eu mesma gostaria que fosse tão simples.

Aliás, não seria melhor que fosse uma bebida ou mesmo uma pílula, garantindo a total ingestão?

Se eu passar o batom para dar um pulinho do Méqui… o valor calórico da batata muda? O batom sai com refrigerante?

Não me diga que eu preciso mudar meus hábitos para obter algum resultado. Seria uma absurdo, dado o valor da unidade.

Queria saber, oh estimada vendedora, se colorir meus lábios com“Ameixa Desejo” depois de um dia exaustivo ajuda a lidar com o estresse, ansiedade, tristeza e comer emocional?

Por favor, inestimável site! Gere agora um boleto que me compre a ilusão de uma solução mágica. 

Ou melhor, onde está aquele senhor Ministro da Saúde? É melhor comprar um carregamento para todo o Sistema Único de Saúde!

Um batom para todos comandar? 

Mulher do mundo, libertem-se: vá com o batom que quiser… e o corpo que tiver.

A sugestão de pauta veio a Gerlusa (@gerlusal) lá do Instagram! Obrigada ;D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *